fbpx

Sabe quando você vai viajar de férias pra um lugar que queria, mas depois de uns dias curtindo sua trip bate aquele cansaço e você pensa:

“Nossa vou precisar de férias das férias!”

Com a vida a mesma coisa…

A gente tá aqui nessa bolota terrestre (perdão, terraplanistas) numa super trip e é natural você ficar cansado da vida! Não tem nada de errado com isso, tá. Quem nunca?

É que viver é simples mas não é fácil.

Fácil significa sem esforço e viver requer esforço sim. Por isso é tão importante descansar, pra recuperar as energias e voltar a ativa com gás.

Porque estamos aqui pra crescer e crescer é desconfortável.

Crescer é foda

É FODA sim, não é pra qualquer um: se você se depara com uma depressão e ansiedade, elas estão te desafiando a crescer e é PHODIS PRA CACILDIS mesmo.

E por quê?

Porque pra crescer precisamos superar padrões de pensamentos, sentimentos e comportamentos que TREINAMOS durante DÉCADAS!

Ficamos fluentes no que nos faz mal…

USE SUA NOZES

Mas… nosso cérebro, essa nozes bunitinha que temos dentro da nossa caixa craniana, é mágica!

Com TREINO de foco e INTENÇÃO, VOCÊ PODE SUPERAR padrões tóxicos que estão te judiando.

Tá cansado da vida? Você pode sim passar por esse difícil , você tá apto pra esse desafio.

Na verdade, você foi feito pra isso!

desânimo cansado da vida

NÃO USE O CHICOTE

MAS O FATO DE CRESCER SER DESCONFORTÁVEL E A VIDA EXIGIR ESFORÇO POSITIVO PRA SER BOA, NÃO QUER DIZER QUE VOCÊ PRECISA SE CHICOTEAR DURANTE SEU PROCESSO DE CURA!!!

Tem uma put@ diferença entre:

Desconforto de sair da sua zona de conforto vs Desconforto que vem de você se chicotear, se culpar e se envergonhar por não tá onde você queria ainda, por ainda não ter mudado…

Treinar tá confortável no desconforto de sair do velho padrão conhecido, é super positivo, mas se esfalfar sendo seu próprio BULLY pra ver se assim você muda logo e melhora sua vida mais rápido:

É ESTUPIDEZ PURA E MAUS TRATOS.

Baby Steps

O bebê se esforça pra sair da zona de conforto dele de engatinhar.

Com dificuldade ele ensaia una passos… que legal! Tá aprendendo a andar… e cai. E você, cansado da vida, vira pra ele:

Ah seu idiota! Você não tem jeito, a vida nunca vai dar certo pra você!”

Espero que não, mas você faz isso com você mesmo: MAUS TRATOS.

Quando deveria se encorajar a continuar treinando, um passinho de cada vez no baby steps, de novo e de novo e de novo, com compaixão por ti, se abraçando a cada pequeno passo e a cada queda.

Cansado da vida? A principal coisa a fazer

Lindeza, quando você se trata mal e julga onde você tá, quando você não reconhece que crescer é mesmo difícil e desafiador, mas plenamente possível, você tá sendo seu BULLY. STOP!!!

A principal coisa a fazer pra realmente se apoiar durante essa fase difícil, tá aqui no Super Kit e te convido a conhecer.

E me conta nos comentários: você tem confundido se chicotear vs treinar tá confortável no desconforto natural que o crescimento causa?

força-na-peruca-ana-maria-saad

ana-maria-saad-logotipo

Categorias: Cura

Ana Maria Saad

ET em missão na Terra: te empoderar com o Super Di Lifestyle - Você emotionally fit

4 comentários

Rafa · 23 de maio de 2019 às 11:28

Sou prof de música recém-formado.
Arte no Brasil é fodis, but tô na luta.

Outro dia fui sair pra entregar cartões de visita na cidade. Fiquei a tarde toda.
Faço tratamento pra ansiedade.
No fim da tarde senti que tava no limite de stress, mas continuei mesmo assim.
Acho que saí do “enfrentar o desconforto de interagir” para “me chicotear para sair da zona de conforto”.

É bem sutil…. e fácil ignorar o próprio corpo/mente pedindo descanso, ainda mais numa sociedade produtivista.

But tamo na luta : pra ter uma boa carreira profissa SEM perder a saúde mental.

    Ana Maria Saad · 28 de maio de 2019 às 10:23

    Oi amado! que legal q vc é prof de música!!! E meu amor: bora mudar essa crença de que arte é foda… ou q artistas passam fome…

    O modo como a gente fala com nossa mente reforça os padroes tóxicos q empacam nossa vida. Tomar consciência e mudar nossos diálogos mentais para um que nos ajude é uma super conquista!

    Qq profissao é foda e qq profissão pode nos trazer satisfacao nao so de alma, mas financeira. O problema sao essas crenças limitantes do coletivo q a gente acaba reproduzindo. Então bora mudar isso já, pq isso é saúde mental puraaaaa!!!

    to torcendo por ti 🙂

Anônima · 15 de maio de 2019 às 00:49

Oi, Ana. Que legal ter esse espaço aqui aberto para comentários. Sou assinante do boletim informativo do seu site e sempre fico sabendo das novidades por e-mail. Às vezes, quero comentar algo, mas como uma antissocial nivel hard que sou não tenho Instagram, Twiter, Facebook e nem mesmo Whatsapp.

Perdi meu irmão com depressão em fevereiro de 2014 e passei por momentos terríveis acometida pela mesma doença. Até que numa tarde chuvosa qualquer, fuçando na Internet, descobri seu site. Confesso que no princípio achei tudo muito confuso e não entendi 70% do que estava lá (tenho dificuldade de concentração), mas compreendi a técnica do “eu observador” que você falava em um de seus vídeos. Comecei a pôr em prática e apresentei uma pequena melhora, porém considerável, o suficiente para me fazer sair da cama. Esta semana eu comecei a fazer meditação com um professor extremamente competente e lindo (ele é a cara do Henri Castelli S2). Tenho feito aulas de mindfulness e, além disso, ele dá palestras ao final das aulas (tipo um bate papo descontraído). Ele fala sobre o perigo da vaidade, do ego, o prazer da frugalidade, da simplicidade e o quão bom é estar presente ao momento presente. Enfim, Ana, pegando um pouquinho daqui, um pouquinho dali, tenho melhorado.

Minha maior dificuldade é que sou muito pessimista, tenho uma visão do mundo extremamente triste. Daqui a alguns anos, todos nós vamos morrer, cada um acometido por uma doença, que sempre vem precedida de grande dor e sofrimento. Tento prestar atenção ao lado bom da vida, mas é difícil. Sempre que vejo algo triste (violência, velhice, doença, morte), esse meu pessimismo é intensificado. Esse é o meu ponto fraco. Sei que minhas recaídas sempre começam quando eu deixo a minha mente entrar nessa vibe móbida. Por isso estar presente no momento presente tem me ajudado muito. E você, sem dúvida alguma, faz parte do meu progresso até então.

    Ana Maria Saad · 20 de maio de 2019 às 17:02

    oi amada!

    tb sou antisocial… hahahahahaha! fico facil facil fora das redes.

    Sinto mto pelo seu irmao!

    E use o eu observador na vida!!! e amada se tornar otimista, é questao de treino.

    Da uma olhada nesse video novo que vai te ajudar: http://www.anamariasaad.com/superkit

    bom ver vc aqui!

    to torcendo por ti!!!

    bjokaaaaa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *